Notícias

Cooperativas de garantia vão facilitar o acesso a crédito Fonte: Sebrae, 20/11/2014

A regulamentação de cooperativas de garantia de crédito vai mudar o panorama dos pequenos negócios no Brasil nos próximos anos, avaliam especialistas do setor financeiro, diante do anúncio feito pelo Banco Central (Bacen) de edital de consulta pública sobre o tema. A medida, lançada durante o VI Fórum sobre Inclusão Financeira, em Florianópolis (SC), amplia as possibilidades de acesso a crédito por micro e pequenas empresas. O evento foi promovido pelo Sebrae, em parceria com o Bacen, e ocorreu nesta semana.

“O Banco Central quer que o sistema financeiro cresça com segurança”, disse o presidente em exercício, Anthero de Moraes Meirelles, ao assinalar o compromisso da autoridade monetária com o desenvolvimento nacional. Reduzir a assimetria de informação, segundo ele, é fundamental para os pequenos negócios na sua relação com as instituições financeiras. O novo modelo de cooperativa também vai colaborar para suprir a carência de bens ou recursos para oferecer garantia nas operações de crédito, prevê o edital do Bacen.

“A consulta pública representa a consolidação de um processo de construção de um novo instrumento para facilitar o acesso a crédito e que vai possibilitar a sua disseminação por todo o país”, diz o diretor-técnico do Sebrae, Carlos Alberto dos Santos. Ele observou que, embora a oferta de crédito tenha crescido, o acesso pelos pequenos negócios ainda é limitado. “Um aspecto é a informação, o outro são as garantias”, ponderou. “O Banco Central trabalha com foco, estratégia e uma agenda que todos concordam: a do desenvolvimento nacional”, disse o diretor do Sebrae, instituição reconhecida pelo Bacen por seu protagonismo na articulação para o acesso a crédito e serviços financeiros pelos pequenos negócios.

Pelo edital, até dia 16 de fevereiro de 2015, tanto a constituição como o funcionamento das cooperativas de garantia de crédito receberão comentários e sugestões aqui

Outras notícias